Legislativas 2019

2011: Acordo de Governo PSD/CDS no meio de uma crise

2011: Acordo de Governo PSD/CDS no meio de uma crise

Legislativas de junho de 2011 realizam-se no meio de uma crise profunda.

A campanha eleitoral é muito centrada na troca de acusações, em especial entre PS e PSD, sobre a responsabilidade pela situação financeira do País.

José Sócrates culpa a oposição pelo chumbo do PEC IV – um conjunto de medidas de austeridade que se diz que teria evitado a intervenção externa. O PSD, com Pedro Passos Coelho, compromete-se a cumprir à risca as medidas acordadas com a "troika".

Nas urnas, o PS sai derrotado, perdendo cerca de meio milhão de votos e Sócrates, que pede a demissão da liderança do partido. O PSD ganha as eleições com quase 37% dos votos e junta forças com o CDS, que sobe a votação e aumento o grupo parlamentar.

À Esquerda, a CDU estabiliza o eleitorado, num escrutínio no qual o Bloco de Esquerda perde metade dos deputados, passando de 16 para oito, resultado igual ao de 2005.

Ficha técnica:

  • Jornalista: Ana Rute Carvalho
  • Grafismo: Paulo Alves
  • Produção: Diogo Amador
  • Edição executiva de Tecnologia de Informação: Patrícia Moreira
  • Coordenação: Sandra Varandas
  • Pesquisa: Gesco e Arquivo SIC
  • O Milagre de Jesus
    25:48