Legislativas 2019

O que diz a imprensa internacional sobre as eleições portuguesas?

Entre os destaques estão as possíveis coligações, a origem indiana de António Costa e a “excentricidade” do PAN.

A imprensa internacional está atenta às eleições legislativas portuguesas deste domingo.

Começamos por uma ronda na Europa, nomeadamente no Reino Unido. Os meios de comunicação britânicos salientam a vitória do Partido Socialista, com a BBC a destacar o “favoritismo” de Costa sobre os rivais sociais-democratas e o crescimento económico acima da média da União Europeia desde as últimas legislativas em 2015.

No The Guardian há uma viagem no tempo a um dos feitos mais “improváveis” da governação na Europa com o nascimento da “geringonça” e a “viragem na página da austeridade”.

Os jornalistas do The Sunday Times dizem que a crise financeira deixou Portugal “de joelhos” mas que, uma década mais tarde, o partido responsável pelo crescimento do país espera ganhar mais assentos no Parlamento. O artigo conta com uma entrevista ao ministro das Finanças, Mário Centeno.

Num ângulo diferente, o The Telegraph prefere dar destaque ao “partido dos animais”, o PAN, questionando a “excentricidade” de algumas medidas, mas afirmando que pode tornar-se uma força com grande influência na Assembleia da República.

Mais perto, aqui ao lado em Espanha, o El País sublinha os números da abstenção, dizendo que Portugal escolhe este domingo o novo Governo sob a “sombra da abstenção”.

Em França, o Le Monde fala nos “limites do milagre português”, que apesar do crescimento, continua com “fraquezas estruturais perturbadoras”. Mais a sul, o italiano Corrierre della Serra destaca a possível vitória do PS, mas sem maioria absoluta. A Euronews ressalta os “poucos sinais” da extrema-direita.

Saltamos para o continente asiático. Na Índia, o Hindustan Times faz um perfil do primeiro-ministro António Costa, destacando a origem indiana do líder socialista, comparando os seus ideais ao Partido Trabalhista britânico.

Do outro lado do mundo, na América, os norte-americanos do New York Times dizem que Portugal é um “farol de estabilidade” na Europa e sumarizam o percurso da geringonça, comparando-a, em contraste, com a dificuldade do espanhol Sanchéz nas negociações para formar Governo.

No Brasil, a Globo publica perguntas e respostas sobre as legislativas portuguesas deste domingo.

  • O Milagre de Jesus
    25:48