Legislativas 2019

PSD apresenta queixa no Tribunal Constitucional contra contagem dos votos da emigração

O boletim de voto das Legislativas 2019

Jon Nazca / Reuters

Os sociais-democratas contestam o número de votos considerados nulos.

Durante o processo de contagem, alguns votos foram considerados nulos por falta de documento de identificação. Esta decisão não foi transversal a todas as mesas de voto.

O PSD quer que estes 35 mil votos sejam considerados abstenção.

"São os votos que não trazem a identificação do cidadão que foram classificados como nulos. Entendemos que o principio constitucional deve ser o mesmo dos votos em território nacional. O cidadão que se apresente numa assembleia de voto sem o cartão de cidadão não vota. Portanto, deve ser considerado abstencionista. Queremos que o TC diga se é abstenção ou voto nulo", explicou José Silvano à Lusa.

O Tribunal Constitucional tem até segunda-feira para se pronunciar sobre a reclamação. Até lá, está adiada a tomada de posse da Assembleia da República e do Governo.