Liga dos Campeões

PSG vai questionar UEFA sobre alegadas "revistas abusivas" no Estádio da Luz

Exterior do Estádio da Luz, em Lisboa
Exterior do Estádio da Luz, em Lisboa
Octavio Passos

Alguns adeptos franceses queixam-se de terem sido apalpados em exagero na zona genital e nos seios.

O Paris Saint-Germain anunciou hoje que vai questionar a UEFA sobre alegadas “revistas abusivas” aos seus adeptos na passada quarta-feira, antes do jogo com o Benfica, do grupo H da Liga dos Campeões de futebol.

“O clube está muito atento aos testemunhos dos adeptos, que mencionaram as revistas excessivas ocorridas em Lisboa. Por isso, decidimos pedir esclarecimentos sobre o assunto à UEFA”, refere o clube francês, em comunicado.

O PSG garante ter recebido inúmeros testemunhos de adeptos que ficaram chocados com o que consideram ser excessos cometidos durante a revista aos adeptos, antes do jogo no Estádio da Luz, que terminou empatado a um golo.

A Football Supporters Europe, uma federação de associações nacionais de adeptos, informou na sexta-feira que os adeptos do clube francês relataram revistas corporais “chocantes” e “desproporcionais” antes do encontro.

Segundo testemunhos recolhidos pela rádio France Bleu, alguns adeptos franceses queixam-se de terem sido apalpados em exagero na zona genital e nos seios, tendo alguns indicado que a revista foi feita por baixo da roupa interior.

Em comunicado divulgado na sexta-feira, o Benfica esclareceu que a “revista aos adeptos é realizada por uma empresa privada contratada para o efeito, que se encontra certificada para este tipo de procedimentos” e acrescentou: “Não houve nenhuma indicação por parte do clube para qualquer alteração dos procedimentos seguidos desde sempre neste tipo de situações".

A 8 de setembro, após o jogo Benfica-Maccabi Haifa, também para a Liga dos Campeões, o clube israelita anunciou ter pedido explicações à formação portuguesa e à UEFA sobre as revistas aos adeptos, que considerou “abusivas” e “ofensivas”.

Últimas Notícias
Mais Vistos