Massacre em Orlando

As chamadas de emergência da noite do massacre em Orlando

As chamadas de emergência da noite do massacre em Orlando

Vários telefonemas feitos para a linha de emergência norte-americana na noite do massacre numa discoteca LGBT em junho, em Orlando, já foram divulgadas. Grande parte das chamadas foram feitas por pessoas que se encontravam no interior da discoteca. no momento do ataque, mas há também muitos telefonemas de familiares. O atentado foi levado a cabo por Omar Mateen, um americano de origem afegã, e reivindicado pelo Daesh, apesar das autoridades acreditarem que Mateen agiu sozinho e sem ordens superiores. Foram mortas 49 pessoas e feridas 53.