Match Point

Portugal regressa à casa da felicidade

Às terças e sextas o futebol marca presença maioritária no Match Point, mas o Desporto em geral terá sempre aqui o seu espaço. Na escrita de José Manuel Freitas.

Estádio de França, nos arredores de Paris, 10 de julho de 2016. Portugal e França discutem a conquista do título europeu, competição onde os gauleses se apresentam como favoritos, ideia não confirmada por força do golo (de todo inesperado) de Éder, aos quatro minutos da segunda parte do prolongamento. Agora, passados mais de quatro anos, a equipa que continua a ser orientada por Fernando Santos regressa à sua casa da felicidade para prosseguir a defesa da Liga das Nações conquistada no Dragão, no ano passado. E há toda uma conjuntura cósmica que se alinha com a fé do selecionador: foi frente aos franceses, neste mesmo estádio, que iniciou, faz este domingo precisamente seis anos, o seu percurso à frente do selecionado; será o seu 75.º desafio à frente de Portugal (46 vitórias, 17 empates e 11 derrotas), tornando-se no selecionador luso com mais jogos de sempre (mais um de que Scolari); amanhã, completa 66 anos. O que quer dizer, que a cereja no topo do bolo seria o triunfo – e Cristiano Ronaldo somaria a 100.ª vitória na sua internacionalização 167. Isto depois de Rúben Semedo ter sido titular frente à Espanha, 43.ª estreia sob a liderança do engenheiro Santos!

MUNDIAL-2030 COM MARCA LUSA?

Outra excelente notícia relacionada com Portugal e a sua seleção diz respeito à parceria assumida com a Espanha para a organização conjunta do Campeonato do Mundo de 2030. A decisão só acontecerá em 2024, no Congresso da FIFA, a dupla ibérica vai a votos com Marrocos e a organização conjunta de quatro países (Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile), mas depois do êxito que foi o Mundial82 (Espanha) e o Euro-2004 (Portugal), realizações a que devem ser somadas as conquistas espanholas (Mundial-2010 e dois Europeus) e portuguesas (Euro-2016 e Liga das Nações) e a qualidade futebolística dos dois países, surpreendente seria o Mundial-2030 não ter lugar na Península Ibérica. Até lá, muita água correrá sob as pontes, mas quando comparado com as duas anteriores tentativas… agora há condições bem mais favoráveis.

LA LAKERS MAIS PERTO NA NBA…

Um dos maiores espetáculos do mundo do Desporto, a NBA, pode terminar na próxima madrugada. Na “bolha” de Orlando, as duas melhores equipas da fase regular e “play off”, LA Lakers e Miami Heat, cumprem o quinto jogo e uma vez que a formação de Los Angeles está a vencer por 3-1, nova vitória da equipa liderada por LeBron James e Anthony Davis garante-lhes a conquista da competição pela 17.ª vez e igualar o mesmo número de feitos do recordista, Boston Celtics. No ano do desaparecimento do fenomenal jogador que era Kobe Bryant seria uma bela maneira de o homenagear.

SPORTING VENCEDOR DA TAÇA

A nível interno, concluiu-se na noite de ontem, em Odivelas, a final a quatro da Taça de Portugal e o Sporting, que regressou à modalidade na temporada passada, conquistou a competição ao derrotar na final (87-78) o detentor do troféu, FC Porto. De referir que o conjunto liderado por Luís Magalhães quebrou um jejum de 40 anos.

JOÃO ALMEIDA CONTINUA… ROSA

A encerrar, uma palavra de grande apreço para João Almeida: fantástico!!! Continua de rosa vestido no “Giro” de Itália, tem sabido resistir a todos os ataques e lidera a prova com 43 segundos de vantagem. Para um jovem de 22 anos… é obra. Ou seja: estará aqui o sucessor do enorme Joaquim Agostinho? Quem sabe, quem sabe…

► A PÁGINA DO MATCH POINT

  • A escola como uma gigantesca perda de tempo

    País

    Pode ser Eva. Fez um teste de Geografia e foi a única da turma a ter negativa. Dos seus olhos formosos e inexpressivos, num rosto negro como o touro do Herberto Helder, ruíram-lhe duas lágrimas. Mas daquelas que represam tanta água - tanta mágoa - que deixam cicatrizes aquosas. 43%.

    Opinião

    Rui Correia