Qatar 2022

Três bombeiros morrem num acidente com uma grua no Qatar

Três bombeiros morrem num acidente com uma grua no Qatar
Darko Bandic

De acordo com o The Guardian já foram registadas mais de 6.500 mortes, desde 2010, ano de atribuição do Campeonato do Mundo de 2022 ao Qatar.

Três bombeiros paquistaneses morreram na quarta-feira no Qatar, num acidente com uma grua, anunciaram as autoridades esta quinta-feira.

Segundo a mesma fonte, os três homens não estavam envolvidos no exercício de segurança, Watan, que decorreu entre domingo e hoje e que serve de preparação para o Mundial de Futebol Qatar 2022.

As autoridades não deram mais detalhes sobre o acidente, mas depoimentos de amigos das vítimas postados nas redes sociais indicam que os bombeiros foram atingidos por uma grua que caiu no porto de Hamad.

O exercício Watan juntou forças de segurança de 15 países, envolveu caças e simulou um ataque químico contra um estádio e várias manifestações de adeptos no exterior do mesmo.

O comité de operações de segurança do Mundial assegurou, no Twitter, que o exercício demonstrou "a capacidade, prontidão e determinação das forças militares e civis para enfrentar todos os cenários".

Foram registadas mais de 6.500 mortes desde 2010, ano de atribuição do Campeonato do Mundo de 2022 ao Qatar. Os números foram divulgados pelo The Guardian em fevereiro de 2021.

O Mundial 2022, no Qatar, decorre entre 20 de novembro e 18 de dezembro.

Saiba mais no Especial Mundial 2022


Últimas Notícias