Como estamos a viver a pandemia

"Neste momento a nossa indústria morreu"

O testemunho de Luís Santos, 42 anos, músico e backliner

Luís Santos encara os tempos que vivemos como uma experiência de vida que é nova para todos. Não há memória de passarmos por uma situação destas globalmente.

Como músico, diz que tem mais tempo para criar, mas o problema vem a seguir: não há palco e os rendimentos descem para zero. E lembra que há quem já esteja numa situação complicada.

Não é fácil para ninguém mas é preciso "cabeça fria" e ter esperança, diz Luís.

  • 2:22