Orçamento do Estado 2019

UTAO diz que défice de 2019 pode ser mais alto do que o previsto

RODRIGO ANTUNES

Os números do Orçamento do Estado não batem certo. O défice de 2019 pode ser mais alto que o previsto. Quem o diz são os técnicos independentes da UTAO.

A Unidade Técnica de Apoio Orçamental analisou os mapas da proposta de orçamento que o ministro das Finanças enviou à Assembleia da República, que têm força de lei se forem aprovados.

A UTAO comparou-os com os números inscritos no relatório do orçamento e encontrou uma contradição: os dois documentos não batem certo.

Se a despesa prevista nos mapas estiver certa, o défice não vai ser de 0,2%, mas sim de 0,5% do PIB . A diferença é superior a 500 milhões de euros.