Orçamento do Estado 2017

Centeno volta a remeter renegociação da dívida para o contexto europeu

Centeno volta a remeter renegociação da dívida para o contexto europeu

O ministro das Finanças garante que o debate na especialidade do Orçamento de Estado vai trazer alterações ao adicional do IMI, no que ao setor do comércio e serviços diz respeito. Num debate-conferência sobre o Orçamento do próximo ano, o ministro foi ainda questionado sobre a renegociação da dívida. Mário Centeno reafirmou que o debate tem de ser feito num contexto europeu.

  • Primeiro-ministro elogia trabalho e esforço de Mário Centeno
    0:27

    Economia

    Em Marrocos, na conferência do clima COP 22, o primeiro-ministro rejeita que o ministro das Finanças esteja fragilizado.António Costa considera que Mário Centeno está sim "reforçado" ao ter alcançado o défice mais baixo dos últimos 42 anos e pelos resultados alcançados no processo de recapitalização da Caixa Geral de Depósitos.

  • Centeno garante que recapitalização da CGD não está em causa
    2:17

    Caso CGD

    O ministro das Finanças recusa antecipar qual será a decisão dos gestores da Caixa Geral de Depósitos. A administração admite demitir-se em bloco, caso seja obrigada a entregar as declarações de património, sem garantia de sigilo. Mário Centeno diz que este é o tempo do Tribunal Constitucional e que a recapitalização do banco, o grande objetivo do Governo, não está em causa.

  • Centeno mantém silêncio sobre impasse na CGD
    2:44

    Caso CGD

    Os gestores da CGD vão enviar um parecer ao Tribunal Constitucional a justificar a recusa na entrega das declarações de património. Caso sejam obrigados a entregar os documentos, é quase certo que se demitem em bloco. Perante o impasse no banco público, o ministro das Finanças mantém-se em silêncio.

  • Mourinho procura clube e rejeita, para já, treinar seleções
    7:14
  • Como não gastar dinheiro com os números começados por 707
    6:46