Orçamento do Estado

PCP teve "reunião informal" com o Governo sobre OE 2023

PCP teve "reunião informal" com o Governo sobre OE 2023
MANUEL DE ALMEIDA

Proposta vai ser debatida na generalidade no Parlamento nos próximos dias 26 e 27 e a votação final global do diploma está agendada para 25 de novembro.

O grupo parlamentar do PCP e o Governo reuniram-se na quarta-feira, na Assembleia da República, a propósito da discussão da proposta de Orçamento do Estado para 2023 (OE2023), anunciou o secretário-geral do partido.

Em entrevista à agência Lusa, que vai ser divulgada durante o fim de semana, Jerónimo de Sousa revelou que houve uma "reunião informal" entre o executivo socialista e os deputados comunistas na quarta-feira.

No entanto, o secretário-geral do PCP não avançou o que é que foi discutido.

O PAN confirmou à Lusa que tem uma reunião com o Governo agendada para hoje, a primeira de conjunto de "reuniões setoriais" sobre a proposta orçamental.

Proposta do Orçamento do Estado

A proposta foi apresentada há pouco mais de uma semana pelo ministro das Finanças, Fernando Medina, e prevê que a economia portuguesa cresça 1,3% em 2023 e registe um défice orçamental de 0,9% do Produto Interno Bruto.

Aquando da apresentação do Orçamento do Estado, Fernando Medina afirmou que a proposta orçamental reforça os rendimentos, promove o investimento e mantém o compromisso com finanças públicas sãs num ambiente externo adverso de guerra na Europa e escalada da inflação.

O Governo visa reduzir o peso da dívida pública de 115% do PIB para 110,8% em 2023 e projeta que a inflação desacelere de 7,4% em 2022 para 4% no próximo ano.

A proposta vai ser debatida na generalidade no parlamento nos próximos dias 26 e 27 e a votação final global do diploma está agendada para 25 de novembro.

Últimas Notícias