Protestos na Catalunha

“Sim, desobedeci, mas era impossível cumprir uma ordem ilegal”

“Sim, desobedeci, mas era impossível cumprir uma ordem ilegal”

O presidente regional da Catalunha começou a ser julgado por se ter recusado a retirar cartazes de apoio aos líderes independentistas nas eleições de abril.

Quim Torra admitiu ao juiz ter desobedecido às ordens do tribunal, mas diz que não podia cumprir um pedido que considera ilegal.