Rui Tavares

Fundador do Livre volta a pedir união da esquerda

23.01.2022 21:34

O dirigente do Livre, e candidato pelo círculo de Lisboa, Rui Tavares, exerce o seu direito de voto antecipado no âmbito das próximas eleições legislativas 2022 (Créditos: ANTÓNIO COTRIM/LUSA)

Rui Tavares visitou a Serra de Carnaxide.

Rui Tavares votou este domingo antecipadamente, em Lisboa.

O fundador do Livre voltou a pedir a união da esquerda contra os ataques à democracia.

“A nossa democracia ainda é relativamente recentemente, tem menos dias do que teve a ditadura antes dela – só daqui a algum tempo é que teremos mais dias de democracia que tivemos de ditadura – e, nestas fases as democracias às vezes passam por momentos críticos e é importante sabermos defender a democracia contra ataques ao Estado de direito, contra ataques aos direitos fundamentais e contra ataques à pluralidade da nossa sociedade”, apontou o dirigente, antes de se deslocar à mesa de voto.

Rui Tavares considerou que tem havido “uma espécie de passa culpas” entre partes da esquerda ao longo da campanha eleitoral que “não ajudou em nada”.

Antes de votar na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, o líder do Livre visitou a Serra de Carnaxide.

SAIBA MAIS:

ESPECIAL ELEIÇÕES LEGISLATIVAS

Últimas Notícias
Mais Vistos