Operação Marquês

Santos Silva admite ter emprestado mais de 500 mil euros a Sócrates mas não sabe que destino foi dado ao dinheiro

Santos Silva admite ter emprestado mais de 500 mil euros a Sócrates mas não sabe que destino foi dado ao dinheiro

Empresário garante também que era ele o proprietário do apartamento de Paris e não o antigo primeiro-ministro.

Carlos Santos Silva admitiu ao juiz Ivo Rosa que emprestou mais de meio milhão de euros a José Sócrates, embora garanta não saber que destino foi dado ao dinheiro.

No terceiro e último dia de interrogatório da Operação Marquês, o empresário da Covilhã garantiu também que era ele o proprietário do apartamento de Paris e não o antigo primeiro-ministro.