Operação Marquês

As reações à decisão instrutória da Operação Marquês

MARIO CRUZ / POOL

José Sócrates vai a julgamento por branqueamento de capitais e falsificação de documento.

A Operação Marquês vai levar cinco arguidos a julgamento.

José Sócrates foi ilibado dos três crimes de corrupção passiva de que estava acusado. No entanto, o antigo primeiro-ministro e Carlos Santos Silva vão a julgamento por branqueamento de capitais e falsificação de documento. Ricardo Salgado, Armando Vara e João Perna também vão a julgamento. O Ministério Público vai recorrer da decisão de Ivo Rosa.

A decisão instrutória na Operação Marquês suscitou reações críticas por parte de várias personalidades. A forma e o conteúdo deixam dúvidas quanto ao funcionamento da justiça.

António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa fugiram ao tema do dia

Nem o primeiro-ministro, nem o Presidente da República quiseram comentar o desfecho da fase instrutória da Operação Marquês. Já os partidos apontam falhas ao funcionamento da justiça e mostram-se expectantes com a decisão de recurso.

VEJA TAMBÉM: