Tempestade Leslie

Soure continua sem luz, apesar das garantias de reposição

A grande maioria do concelho de Soure, no distrito de Coimbra, incluindo a vila, continua sem luz devido à tempestade Leslie, apesar da garantia dada pelo Governo de reposição da eletricidade durante a noite.

Com exceção da Granja do Ulmeiro, que está a ser alimentada pelo concelho de Montemor-o-Velho, todo o concelho "continua às escuras", afirmou esta segunda-feira à agência Lusa o presidente da Câmara de Soure, Mário Jorge Nunes.

O ministro da Administração Interna, Eduarda Cabrita, garantiu no domingo que a vila de Soure, um dos concelhos mais afetados pela passagem do furação Leslie, que atingiu a região Centro, terá energia elétrica ainda nessa noite.

O município do distrito de Coimbra está sem luz depois da tempestade Leslie ter provocado muitos estragos na rede durante a noite de sábado.

"Estamos na mesma. Não há evolução, a não ser as tentativas da EDP para repor o sistema", acrescentou o autarca, referindo que a empresa de energia alterou a sua estratégia de alimentação à vila de Soure, optando por ir buscar energia ao concelho vizinho de Condeixa-a-Nova.

Mário Jorge Nunes conta ainda hoje que cheguem a Soure cerca de 40 geradores, para poderem dar energia a postes de transformação da EDP e, por conseguinte, repor a luz em vários dos aglomerados populacionais do concelho.

De momento, o centro de saúde de Soure, os Bombeiros e a Câmara Municipal também estão a funcionar com recurso a gerador, assim como as captações de água, o que permitiu que, neste momento, mais de 50% do município já tenha visto o abastecimento de água reposto.

Lusa