A vacinação em Portugal e no Mundo

Butão vacinou quase 93% da sua população adulta em 16 dias

Manish Swarup/ AP

Até agora, o país registou 910 infeções com o coronavírus e uma morte.

O Butão vacinou quase 93% da sua população adulta em 16 dias e 62% dos seus 800.000 habitantes desde que a campanha de inoculação começou no país a 27 de março.

O rápido programa de vacinação do pequeno reino dos Himalaias, entre a Índia e a China, coloca o país logo atrás das Seicheles, que já vacinou 66% da sua população de quase 100.000 pessoas, com a primeira dose.

O facto de ter uma população pequena, ajudo o Butão a ter já uma grande percentagem de pessoas vacinadas, mas o seu sucesso foi também atribuído aos seus dedicados cidadãos voluntários e graças à boa capacidade de armazenamento das vacinas.

O Butão recebeu as suas primeiras 150.000 doses da vacina AstraZeneca da vizinha Índia em janeiro, mas as vacinas foram distribuídas a partir de finais de março para coincidir com datas auspiciosas na astrologia budista.

A primeira dose foi administrada a uma mulher nascida no Ano do Macaco, acompanhada por cânticos de orações budistas.

Tem uma quarentena obrigatória de 21 dias para todas as pessoas que chegam ao país, todas as escolas e instituições de ensino estão abertas e são monitorizadas para o cumprimento dos protocolos da covid-19.