A vacinação em Portugal e no Mundo

Covid-19. Ser vacinado no castelo do Drácula dá direito a visita pelas salas de tortura

Inquam Photos

Centro de vacinação do castelo de Bran, na Roménia, já imunizou 400 pessoas.

Um centro de vacinação em massa foi instalado esta semana no castelo do Drácula, na região da Transilvânia, na Roménia. Todos os que tomarem a vacina na zona envolvente do castelo recebem livre acesso às salas de tortura do edifício.

"Queríamos levar às pessoas uma maneira diferente de fazer a vacinação", disse Alexandru Priscu, responsável de marketing do Castelo de Bran, que terá sido a inspiração para o romance gótico do século XIX de Bram Stoker, "Drácula".

Durante todos os fins de semana de maio, a vacinação será feita na zona exterior do castelo. Não é necessário marcar hora, nem dia: basta aparecer. Os vacinados recebem um diploma original.

Inquam Photos

“Além do diploma, as pessoas beneficiam da entrada gratuita nas salas de tortura (do castelo), que contam com 52 instrumentos de tortura medievais”, revelou Alexandru Priscu.

Neste centro de vacinação, já foram imunizadas quase 400 pessoas. O responsável de marketing do castelo assinalou ainda que têm recebido muitos pedidos de estrangeiros que desejam ser vacinados num "ambiente assustador". No entanto, apenas residentes na Roménia podem ser vacinados no castelo.

O Governo romeno quer acelerar a vacinação contra a covid-19 e pretende vacinar cinco milhões de pessoas até dia 1 de junho.

Inquam Photos

  • 1:21