Violência em Moçambique

"Muitas passaram dias no mato". Milhares de pessoas continuam a chegar a Pemba com fome e doentes

Palma continua a ser palco de combates. Jihadistas usam casas como esconderijo.

O Presidente da República de Moçambique garante que as Forças Armadas estão a defender a vila de Palma dos terroristas. A oposição lamenta que a defesa não tenha sido mais consistente.

No terreno, a situação ainda estará fora de controlo e é cada vez maior a o número de pessoas em fuga. Os militares não têm tido descanso no combate aos rebeldes jihadistas.

Em situação de completa desprotecção estão milhares de deslocados da província que fogem da morte e da violência e chegam todos os dias a Pemba. À falta de alimentos, as carências estendem-se aos cuidados de saúde, saneamento básico, abrigo, educação.