Apoio Social

20.09.2021

Cuidados de saúde em casa

Médicos, enfermeiros, psiquiatras, fisioterapeutas e massagistas vão a casa dos 2700 utentes já inscritos nos Polos de Cuidados de Saúde no Domicílio, um serviço de apoio a quem não pode deslocar-se aos centros de saúde.

Não poder deslocar-se não é impedimento para aceder a cuidados de saúde. A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa criou mais uma resposta para que os que residem na capital e estão impossibilitados de se mover, possam ser tratados sem sair de casa: os Polos de Cuidados de Saúde no Domicílio (CSD).

Nos dois Polos, a funcionar desde junho de 2020, estão já inscritos quase 2700 utentes, a cada um dos quais é atribuído um médico e um enfermeiro.

Os cuidados médicos e de enfermagem são prestados em casa, permitindo manter as pessoas no seu meio natural e zona de conforto e privilegiando sempre a vertente da promoção da saúde e da prevenção da doença.

Nesse âmbito, estes dois polos, o Oriental e o Ocidental, ambos situados no Vale de Alcântara, dispõem de uma equipa composta por, além de médicos de clínica geral e de enfermeiros, de psiquiatras, fisioterapeutas e massagistas.

Além de disponibilizar os seus serviços aos utentes portadores de cartão de Saúde Santa Casa, que, por motivos temporários ou permanentes, por limitação física ou patologia, não possam deslocar-se às Unidades de Saúde, estes polos estendem também a sua ação aos mais velhos que residam em Estruturas Residenciais Para Idosos (ERPI´s).