Meteorologia

Projeto "Semear" ajuda pessoas com dificuldades intelectuais e agora está em risco devido às cheias

Loading...

A associação estima prejuízos de 100 mil euros.

Os campos de cultivo de uma associação de Oeiras que ajuda pessoas com deficiência ficaram inundados. O trabalho da associação “Semear” está agora em risco.

As cheias destruíram as plantações e quase tudo se perdeu.

"Destruiu todas as culturas que nós tínhamos e tem um impacto muito grande na nossa missão", admite o responsável do projeto, António Sottomayor.

A associação “Semear” tem como principal objetivo formar e integrar pessoas com dificuldades intelectuais na sociedade, através da agricultura.

O prejuízo estimado ronda os 100 mil euros e nos próximos meses será muito complicado voltar a cultivar.

A paragem nos campos do “Semear” é problemática. Sem produtos hortícolas para vender, os principais prejudicados são as pessoas com dificuldades intelectuais, que fazem parte do projeto e para onde reverte o dinheiro.

Nesta altura do Natal, há também famílias em dificuldades que contavam receber cabazes solidários.

"Nós ajudamos a alimentar famílias e neste momento estamos de mãos atadas", disse o responsável de campo, Paulo Augusto.

O projeto “Semear” pede a ajuda de voluntários e contribuições em dinheiro, que poderão ser realizadas através do MBWay, para o número 917006732.

Últimas Notícias
Mais Vistos