Mundo

Médico português testemunhou a violência da guerra civil na Síria

Um médico português esteve um mês e meio em serviço na Síria em plena guerra civil. Gustavo Carona faz parte da organização humanitária "Médicos sem Fronteiras". Testemunhou a violência do regime contra a população e descreve o que viu como uma matança indiscriminada.