Mundo

Investigação sobre morte de soldados dos EUA no Níger até janeiro

Handout .

Os Estados Unidos anunciaram hoje que as investigações sobre a morte de quatro soldados norte-americanos no Níger vão decorrer, pelo menos, até janeiro do próximo ano.

O Pentágono, em comunicado, anunciou que oficiais do exército já contactaram os familiares dos soldados mortos na emboscada do dia 04 de outubro para transmitir o ponto de situação da investigação.

Entre as questões a esclarecer está o facto de um dos quatro soldados mortos estar separado dos restantes elementos, com o seu corpo a ser encontrado apenas dois dias depois.

Uma equipa de investigação do exército norte-americano vai viajar para vários locais nos Estados Unidos, África e Europa para recolher informações sobre o caso e os familiares já foram informados de que a investigação deve terminar em janeiro, apesar de ser admitido pelas autoridades que se possa prologar.

O incidente teve lugar no dia 04 de outubro a 190 quilómetros a norte de Niamey, a capital do Níger, perto da fronteira do Mali, onde militantes da Al-Qaida no Magrebe islâmico, uma filial da Al-Qaida, levaram a cabo incursões transfronteiriças.Na emboscada morreram quatro soldados norte-americanos e dois ficaram feridos, com um soldado do Níger a morrer também.

Lusa