Mundo

Estrela sul-coreana Kim Jong-hyun deixou uma nota a dizer que sofria de depressão

Jonghyun, vocalista da banda K-Pop SHINee

YONHAP

Jonghyun, nome artístico de Kim Jong-hyun, de 27 anos, conhecido cantor de K-Pop e vocalista de uma das maiores bandas do género na Coreia do Sul, foi encontrado inconsciente no seu apartamento em Seul e declarado morto após a chegada ao hospital.

Deixou uma nota à amiga e também cantora Nine, da banda igualmente famosa Dear Cloud, e pediu-lhe que a partilhasse se ele "desaparecesse do Mundo".

Na nota, o cantor dizia: "a depressão que lentamente me devorava finalmente acabou por me consumir. Estou amargurado por dentro e a vida da fama nunca foi para mim. Que mais vos posso dizer? Apenas digam que fiz tudo como deve ser. Isso é o suficiente. Que me esforcei."

Nenhum detalhe é dado sobre quando a nota foi escrita e enviada a Nine.

As autoridades estão convencidas de que se trata de suicídio e continuam a investigar. Mas, para ter certeza da causa de morte, teriam de realizar uma autópsia, recusada pela família do cantor.

Jonghyun era conhecido por ser extremamente sensível, alguém que nunca se deixava levar pelo estilo de vida exagerado que a fama oferece e muito recatado, no entanto transformava-se quando cantava e dançava, dizem os media da especialidade.

O funeral privado é nesta quinta-feira.