Mundo

Porque é que a Apple está a tornar os iPhones mais antigos mais lentos

Robert Galbraith

A Apple confirmou a suspeita de muitos utilizadores do iPhone, ao revelar que os modelos mais antigos são, intencionalmente, tornados mais lentos.

Segundo a BBC, houve quem acusasse a Apple de fazer isso para levar as pessoas a comprarem os novos modelos, mas a fabricante recusou. A empresa garantiu que fazia isso devido ao facto de a performance das baterias de íon-lítio piorarem com o tempo. O objetivo da Apple é prevenir que o telefone se desligue sozinho e "prolongar a vida útil" do iPhone.

De acordo com o jornal inglês, a suspeita surgiu quando um utilizador do iPhone 6S partilhou no Reddit os resultados de testes de performance ao seu telemóvel, que mostravam que o aparelho tinha ficado mais lento com o tempo e melhorado de repente com a substituição da bateria.

Perante as suspeitas, a Apple confirmou então que tinha feito mudanças através de atualizações do sistema operacional para lidar com o deterioramento da bateria e "oferecer a melhor experiência de performance aos consumidores".

Ou seja, com o tempo a bateria perde a capacidade de fornecer energia para que o aparelho funcione com a sua capacidade máxima, fazendo com que se desligue por conta própria para impedir a danificação dos seus componentes.

A fabricante lançou uma atualização do iOS para os iPhone 6, 6S e SE, que visa resolver esse problema. Na prática, a atualização limita a performance do telemóvel, reduz a necessidade de energia nos picos de uso e impede que o aparelho se desligue de repente.