Mundo

Haitianos protestam contra Trump junto à embaixada dos EUA

JEAN MARC HERVE ABELARD

Cerca de uma centena de haitianos protestaram esta quinta-feira junto à Embaixada dos Estados Unidos da América em Port-au-Prince, zangados com as recentes declarações depreciativas do presidente norte-americano Donald Trump sobre o seu país.

Os manifestantes juntaram-se junto aos portões da embaixada cantando ´slogans´ e exibindo cartazes a denunciar comentários sobre o Haiti e procedimentos para cancelar um programa para dar estatuto temporário para milhares de haitianos nos Estados Unidos.

Os protestantes criticaram os comentários do presidente norte-americano, que na última semana depreciou os países africanos e perguntou porque haveriam os Estados Unidos de querer mais haitianos no país.

Os protestos foram pacíficos e acabaram sem incidentes, mas outra manifestação já foi marcada para a próxima semana.

O Governo do Haiti disse estar chocado com os comentários do presidente norte-americano.

Lusa

  • Trump não pede desculpa por declarações sobre Haiti e países africanos
    2:03

    Mundo

    Os embaixadores de 54 países africanos nas Nações Unidas exigem que o presidente dos Estados Unidos peça desculpa pelas declarações sobre o Haiti e países de África.Donald Trump diz que utilizou palavras duras, mas desmente o senador democrata que o acusa de ter feito comentários racistas. Apesar das reacções em cadeia provocadas pelas declarações presidenciais, Donald Trump não parece estar disponível para pedir desculpa.

  • Será que Trump sabe onde fica Wakanda? Algures em África, como a Nambia

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos tem mostrado que a Geografia não é o seu forte. Entre as gaffes nesta matéria, destaca-se a referência a um país africano chamado Nambia, que existe apenas na cabeça de Donald Trump. Com esse pretexto e a propósito do novo filme da Marvel sobre o herói Pantera Negra, passado em Wakanda, país africano fictício, uma escritora e comediante americana lançou um desafio à comunicação social: "Ofereço 300 dólares (cerca de 275 euros) ao jornalista que perguntar a Trump, com ar sério, a sua opinião sobre as relações do nosso país com Wakanda".

  • El Salvador envia "nota de protesto" aos EUA

    Mundo

    O governo de El Salvador enviou esta sexta-feira uma "nota de protesto" aos Estados Unidos pelas recentes declarações polémicas do Presidente norte-americano, Donald Trump, que atingiram, segundo as autoridades locais, "a dignidade de El Salvador e de outros países".