Mundo

Seis crianças entre as vítimas em ataque a complexo de casas para refugiados nos EUA

Seis crianças estão entre as nove pessoas esfaqueadas por um homem num complexo de casas para refugiados, em Boise, no estado norte-americano de Idaho, informou o a polícia local.

Tim Kinner, o suspeito do ataque

Tim Kinner, o suspeito do ataque

Handout .

A polícia adiantou que Timmy Kinner, 30 anos, natural de Los Angeles, residia temporariamente no complexo de casas, muitas das quais habitadas por famílias de refugiados, onde realizou o ataque.

Negando que Kinner seja refugiado, a polícia de Boise ainda não apurou o motivo exato do ataque, perpetrado no sábado à noite.

Depois de ter encontrado nove pessoas feridas, quatro das quais em estado grave, no complexo e no parque de estacionamento, a polícia deteve Kinner muito perto do local.

O suspeito terá largado a arma do crime antes de ser detido, estando a polícia a fazer buscas nas imediações para encontrar a faca.

"As vítimas incluem refugiados", tinha já referido o chefe da polícia local, Bill Bones, acrescentando que "as idades das vítimas são extremamente variadas".

"Nunca tivemos tantas vítimas num único ato em Boise na história desta polícia", disse Bones.

A polícia foi chamada às 20:46 de sábado (03:46 de domingo em Lisboa).

Lusa