Mundo

Rússia avisa que sanções dos EUA podem prejudicar desnuclearização coreana

A Federação Russa avisou esta quinta-feira que as sanções dos EUA a uma empresa russa, acusada por Washington de desrespeitar as sanções internacionais à Coreia do Norte, podem prejudicar as conversações para a desnuclearização deste país.

O Departamento do Tesouro dos EUA impôs na quarta-feira sanções a três empresas, da China, Federação Russa e Singapura, acusando-as de ajudarem a Coreia do Norte a contornar as sanções internacionais.

Especificou que a empresa Russian Profinet e o seu diretor fornecerem serviços portuários, pelo menos seis vezes, a navios com pavilhão norte-coreano envolvidos em carregamentos de petróleo, violadores das sanções.

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo afirmou hoje que a decisão dos EUA poderia "minar os recentes progressos para a resolução" do impasse sobre os programas nuclear e balístico norte-coreanos.

Avançou também que os EUA impuseram as sanções numa altura em que "se devem juntar esforços internacionais", acrescentando que estas novas sanções são "destrutivas" e "inúteis".

Lusa