Mundo

Rússia anuncia adiamento de encontro internacional sobre paz no Afeganistão

Mohammad Ismail

A Rússia anunciou esta segunda-feira o adiamento de um encontro internacional sobre o processo de paz no Afeganistão que tencionava acolher em Moscovo a 4 de setembro e para o qual tinha convidado os talibãs.

A decisão de adiar a reunião foi tomada durante uma conversa telefónica esta segunda-feira mantida pelo chefe da diplomacia da Rússia, Sergei Lavrov, com o Presidente afegão, Ashraf Ghani, segundo um comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo.

"O Presidente afegão apoiou inicialmente a ideia de realizar um encontro em Moscovo, mas propôs que fosse adiado devido à necessidade de definir uma posição sólida sobre esta questão", lê-se no documento.Lavrov e Ghani estão de "acordo sobre trabalhar em conjunto para fixarem uma nova data para o encontro através dos canais diplomáticos", acrescenta o MNE russo.

A Rússia anunciou na semana passada estar a preparar uma reunião internacional sobre o Afeganistão para 4 de setembro, precisando que tinha também convidado os talibãs, um dia após o anúncio por Ashraf Ghani de um novo cessar-fogo de três meses no país.

Um primeiro cessar-fogo de alguns dias foi decretado entre o Governo afegão e os talibãs em junho para o fim do Ramadão.

Em abril de 2017, uma conferência internacional sobre o Afeganistão reuniu na capital russa representantes afegãos, indianos, iranianos, chineses, paquistaneses e de cinco ex-repúblicas soviéticas da Ásia central. Os Estados Unidos foram convidados, mas não participaram.

No final dessa conferência, a Rússia e os seus aliados apelaram aos talibãs para deporem as armas e negociarem diretamente com o Governo afegão.

A Rússia declarou-se, na altura, disposta a servir de plataforma para um tal diálogo entre as partes beligerantes.

Lusa