Mundo

Macedónia prolonga estado de emergência nas fronteiras até junho de 2019

Marko Djurica

O parlamento da Macedónia decidiu esta sexta-feira prolongar até junho de 2019 o estado de emergência nas suas fronteiras sul e norte, numa tentativa de reduzir a imigração ilegal.

O hemiciclo aprovou a medida para as fronteiras com a Grécia e a Sérvia, devido ao aumento dos fluxos migratórios. Os Estados dos Balcãs encerraram as suas fronteiras no início de 2016 na sequência do fluxo de centenas de milhares de migrantes que tentavam alcançar os países mais prósperos do centro europeu.

No entanto, a polícia macedónia referiu que foram registadas mais de 6.600 passagens ilegais nas suas fronteiras na primeira metade de 2018.

Equipas policiais de diversos países europeus foram destacadas para as fronteiras macedónias e estão a colaborar com as autoridades locais, na sequência do encerramento da designada "rota dos Balcãs".

A Macedónia declarou pela primeira vez o estado de emergência nas suas zonas fronteiriças em agosto de 2015, após a entrada ilegal no país de dezenas de milhares de migrantes, em trânsito em direção à Europa Central.

Lusa

  • Governo pondera alargar uso de máscaras. Mais de 1.200 mortes nos EUA em 24 horas

    Coronavírus

    O Governo pondera o alargamento do uso de máscaras. A ideia foi avançada pela ministra da Saúde, Marta Temido. Os Estados Unidos registaram nas últimas 24 horas mais de 1.200 mortes causadas pela Covid-19. O país regista mais de nove mil óbitos e cerca de 337 mil infetados. Em Portugal, o último balanço da DGS dá conta de 11.278 casos e 295 mortos. Siga aqui ao minuto as últimas informações sobre a pandemia.

    Direto

    SIC Notícias