Mundo

Trump condecora Elvis Presley com a mais alta distinção atribuída a um civil nos EUA

O músico Elvis Presley vai ser um dos primeiros condecorados por Donald Trump com a Medalha Presidencial da Liberdade, a mais alta distinção atribuída a um civil nos Estados Unidos da América. A Casa Branca justificou a homenagem póstuma ao descrever a lenda musical como "um ícone americano que ficará para sempre".

Para além de Elvis Presley, o Presidente norte-americano vai ainda condecorar postumamente outras duas pessoas, a lenda do basebol Babe Ruth e o antigo juiz do Supremo Tribunal Antonin Scalia.

Babe Ruth/Antonin Scalia

Babe Ruth/Antonin Scalia

Associated Press

Esta é a primeira cerimónia de Donald Trump de entrega da Medalha Presidencial da Liberdade, desde que assumiu a presidência.

Segundo a BBC, ao todo, serão condecoradas sete pessoas. Os antigos jogadores da NFL, Roger Staubach e Alan Page, também vão ser homenageados. Assim como, o antigo senador do Utah, Orrin Hatch, e a médica e filantrópica Miriam Adelson.

O que é a Medalha Presidencial da Liberdade?

Carolyn Kaster

A medalha é atribuída desde 1963, por iniciativa do Presidente John F. Kennedy, e veio substituir e Medalha da Liberdade do pós-guerra. Esta é a mais alta condecoração que pode ser concedida a um civil, nos Estados Unidos da América.

Tradicionalmente, a medalha é atribuída "pelas meritórias contribuições para a segurança, pelos interesses nacionais norte-americanos, pela paz mundial... ou outros esforços significantes", de acordo com a emissora britânica.

Os mais recentes homenageados com a medalha foram o vice-presidente Joe Biden e Stephen Hawking.