Mundo

Ativistas da Greenpeace em protesto sobem a chaminé da maior central elétrica da Polónia

Ativistas da Greenpeace em protesto sobem a chaminé da maior central elétrica da Polónia

Um grupo de ativistas da Greenpeace subiu a uma chaminé com 180 metros de altura na central elétrica de Belshatow, na Polónia, em protesto contra a política energética de Varsóvia. O grupo registou as imagens da subida a uma das chaminés da maior central elétrica do país, uma das maiores do mundo, e maior emissora de carbono da Europa. A Polónia recebe entre 2 e 14 de dezembro a Conferência das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas.

  • Do dia da criança ao turismo de natureza no Alentejo
    6:14
  • “Vamos a Jogo” acompanhou Luís Filipe Vieira no dia da reconquista
    15:21