Mundo

Trump ordenou criação de comando militar espacial

Leah Millis

O objetivo do Comando é supervisionar a investigação e ação militar no espaço, recriando um ramo que existiu entre 1985 e 2002.

O Presidente dos EUA, Donald Trump, ordenou hoje a criação de uma força militar dedicada a operações norte-americanas no espaço.

"Ordeno o estabelecimento, de acordo com a lei dos EUA, de um Comando Espacial como Comando de Combate Unificado", diz o texto oficial que determina a criação deste serviço militar.

O projeto ainda não será um ramo independente de serviço armado, como tinha prometido em julho o Presidente dos Estados Unidos, mas será constituído como um corpo de comando de combate de forças especiais, dentro do ramo da Força Aérea.

O objetivo deste Comando é supervisionar a investigação e ação militar no espaço, recriando um ramo que existiu entre 1985 e 2002 e que foi absorvido pelo Comando Estratégico da Força Aérea, pouco tempo após o ataque terrorista de 11 de setembro de 2001.

De acordo com fontes militares citadas por 'media' norte-americanos, o Comando Espacial terá cerca 600 efetivos, a que se juntarão mais mil, nos próximos anos.

Os custos deste projeto ainda não foram anunciados, mas as mesmas fontes falam num orçamento de cerca de 800 milhões de dólares (cerca de 600 milhões de euros) anuais.

O tema será discutido por Mike Pence e os chefes dos diferentes ramos das Forças Armadas dos EUA, numa visita ao Pentágono programada para o final desta semana.

Lusa

  • Um telemóvel com uma câmara diferente
    4:41