Mundo

PM da Hungria anuncia apoios às famílias e rejeita entrada de migrantes

PM da Hungria anuncia apoios às famílias e rejeita entrada de migrantes

O primeiro-ministro húngaro anunciou este domingo medidas para ajudar as famílias, nomeadamente o fomento à natalidade. Viktor Orban rejeitou ainda ideia de que a entrada de migrantes seja a solução para resolver os problemas demográficos na Europa. 

No pacote de medidas de apoio às famílias faz parte uma isenção total nos impostos sobre o rendimento das mulheres com mais de quatro filhos, um programa de empréstimos para ajudar famílias com duas ou mais crianças e subsídios para aquisição de viaturas.

As medidas foram anunciadas num dia marcado por uma manifestação de centenas de pessoas junto da sede de Governo.

As manifestações contra o Governo de Orbán começaram em dezembro, depois da aprovação de mexidas na lei laboral que penalizam os trabalhadores e beneficiam os patrões em matéria de horas extraordinárias.

  • O novo templo da maçonaria portuguesa 
    6:09
  • Jogador do Penafiel sofre ataque epilético e é salvo por adversário
    2:08