Mundo

Cão penhorado e vendido online

Thomas Peter

Pug preto foi vendido por 750 euros no eBay.

Uma cidade no norte da Alemanha deu que falar, depois de penhorar o cão de uma família, por falta de pagamento de impostos, e vendê-lo no eBay.

Em novembro do ano passado, um solicitador e dois oficiais da Câmara de Ahlen bateram à porta de uma família, em busca de bens valiosos que pudessem pagar as dívidas que tinham com a cidade.

Segundo a BBC, os oficiais consideraram primeiro levar a cadeira de rodas que pertencia ao pai de família, incapacitado. Mas como a cadeira não era propriedade da família, e sim de uma associação, os funcionários da câmara não a puderam levar e tiveram de se virar para outro lado. Foi aí que encontraram Edda, um cão de raça Pug, preto, e o bem mais valioso que a família tinha.

À venda na internet

Depois da penhora, um dos oficiais colocou o cão à venda no eBay por 750 euros, metade do preço que o novo dono esperava pagar.

Em entrevista ao jornal local, Michaela Jordan disse que tinha suspeitado do valor pelo qual o Pug estava à venda. A agente da polícia ligou para o vendedor, que explicou que o cão tinha sido penhorado porque os donos deviam dinheiro à cidade de Ahlen, mas que este era saudável.

Apesar disto, Michaela Jordan aceitou comprar Edda. O que não estava à espera era que o cão tivesse problemas de saúde, que a levassem a gastar quase dois mil euros em quatro cirurgias aos olhos.

A nova dona de Edda procura agora ser reembolsada pela autarquia pelos 1.800 euros gastos na saúde do cão.

O caso deu que falar na Alemanha e levou a Câmara de Ahlen a reagir. Um porta-voz reconhecer que a penhora de um cão não era ilegal, mas que "não era um procedimento normal".