Mundo

Naufrágio no rio Tigre no Iraque faz mais de 50 mortos

Twitter

Pelo menos 28 desaparecidos no naufrágio de um barco no rio Tigre, junto a Mossul.

Pelo menos 54 pessoas morreram e 28 estão desaparecidas após um naufrágio num barco no rio Tigre, perto de Mossul, norte do Iraque, avança o porta-voz do Ministério do Interior, citado pela agência France-Presse.

"A defesa civil [equivalente à proteção civil] contou 54 mortos no naufrágio de um barco que transportava famílias e crianças para um complexo turístico de Mossul", declarou o responsável a coberto do anonimato, acrescentando que "28 estão desaparecidas".

"O barco naufragou porque levava demasiados passageiros a bordo, mais de uma centena", explicou à AFP um responsável dos serviços de segurança em Mossul.

Estes homens, mulheres e crianças atravessavam o rio em direção a parques de diversão onde as famílias fazem piqueniques por ocasião do Norouz, a festa do novo ano curdo, dia feriado em todo o país.

Após fortes chuvas dos últimos dias, as autoridades abriram as comportas da grande barragem de Mossul e avisaram as populações para a subida dos nível das águas do rio Tigre.

Este aumento do nível das águas teve "um papel importante" neste naufrágio, referiu o responsável de segurança.

Nas redes sociais foram publicados vídeos do momento, com várias pessoas a fluturar no rio ou a tentar nadar.

Google Maps