Mundo

Mãe dá à luz par de gémeos um mês depois do nascimento do primeiro bebé

A mulher de 20 anos tem a condição rara de ter dois úteros.

Uma mulher do Bangladesh deu à luz um par de gémeos 26 dias depois de ter dado à luz um rapaz prematuro.

Arifa Sultana, de 20 anos, já estava em casa com o seu bebé de 26 dias quando sentiu fortes dores na barriga e regressou ao hospital. De onde saiu com mais dois bebés.

Os médicos descobriram que ela tinha um segundo útero.

"Quando a paciente veio fizémos uma ecografia e descobrimos os dois gémeos", contou à BBC a médica Sheila Poddar que fez a cesariana no hospital Khulna Medical College em Jessore.

"Ficámos em choque e surprendidos. Nunca tinha visto tal coisa", confessou a ginecologista.

Sultana e o marido são "muito pobres" e "nunca tinham feito uma ecografia", explicou a médica. "Por isso ela não tinha ideia nenhuma de que tinha mais dois bebés". "Fizémos uma cesariana e ela teve gémeos, um rapaz e uma rapariga".

"Os bebés e a mãe são todos saudáveis. Estou muito, muito feliz que tenha corrido tudo bem", congratulou-se a médica.

Dois úteros, pouco provável mas possível

Em raras ocasiões, podem desenvolver-se dois úteros no feto feminino. Normalmente, acabam por se fundir num só. Muito raramente permanecem dois úteros saudáveis e funcionais.

Neste caso, além dos dois úteros, a mulher ovulou três óvulos que foram depois fertilizados ao mesmo tempo, resultando três embriões.


Família feliz, mas preocupada com o futuro

Sultana e o marido são pobres. Estão felizes com as três crianças saudáveis, mas preocupados com o futuro.

"Não sei como vamos lidar com esta grande responsabilidade", lamentou Sultana em declarações ao The Telegraph.

Mas o marido, Sumon Biswas, garante que tudo vai correr bem. "Foi um milagre de Alá que todas os meus filhos tenham nascido saudáveis. Vou fazer tudo o que posso para os fazer felizes".

As crianças chamam-se Ifad Islam Noor, Mohammad Huzaifa e Jannatul Mawa Khadija.