Mundo

Dezenas de esqueletos encontrados em obras de empresa de abastecimento de água

Alguns dos achados sugerem a realização de sacrifícios humanos ou de rituais

Funcionários da Thames Water, a maior empresa de abastecimento de água do Reino Unido, foram surpreendidos por uma descoberta histórica, em Oxfordshire, no sul de Inglaterra: 26 esqueletos humanos e vários objetos, incluindo artigos domésticos.

As obras destinam-se à instalação de canalização para abastecer a população de algumas aldeias e assim preservar o frágil ribeiro de Letcombe.

Estima-se que algumas das descobertas tenham cerca de 3000 anos, ou seja, remontam ainda à Idade do Ferro.

A posição de alguns dos achados sugere a realização de sacrifícios humanos ou de rituais de enterro. O esqueleto de uma mulher foi encontrado com os pés decepados e os braços amarrados atrás da cabeça, relata o jornal “Daily Mail”. Noutro esqueleto, o crânio repousava junto dos pés.

Os arqueólogos encontraram ainda vestígios de habitações, carcaças de animais, cerâmica, instrumentos de corte e pentes. Os objetos foram recolhidos e serão objeto de uma análise forense. A Thames Water, por sua vez, irá continuar as obras previstas.

“Estas descobertas abrem-nos uma janela única para as vidas e mortes de comunidades que geralmente só conhecemos pelos edifícios monumentais, como os castros. Os resultados das análises dos artefatos, ossos de animais, esqueletos humanos e amostras de solo ajudar-nos-ão a entender a história das comunidades que habitaram neste local há tantos anos", refere Paolo Guarino, da empresa Costwold Archaeology, em comunicado.

  • No coração da Amazónia
    10:18