Mundo

Donald Trump vai assistir a combate de sumo no Japão

JIM LO SCALZO

Durante uma visita de três dias ao país.

O Presidente norte-americano deverá assistir a um combate de sumo, em Tóquio, no final de maio, e poderá ter a honra de entregar o prémio ao lutador vitorioso.

A notícia é avançada pelo South China Morning Post, que adianta ainda que a Casa Branca pediu um camarote na primeira fila do Estádio de Sumo Ryōgoku Kokugikan para 26 de maio, o último dia da competição que tem a duração de duas semanas.

A Associação Japonesa de Sumo já está a preparar a visita de Donald Trump. As preparações incluem a segurança não só do Presidente, como também dos seus acompanhantes, enquanto estão no estádio. O primeiro-ministro japonês Shinzo Abe também deverá estar presente.

A presença de Donald Trump na competição acontece no primeiro dia da visita oficial ao Japão.

O dia-a-dia dos lutadores de sumo

São raras as vezes que é possível entrar no mundo pessoal dos lutadores de sumo. Contudo, em 2017, a Reuters conseguiu acesso ao grupo Tomozuna: 11 lutadores de sumo que treinavam no Templo de Ganjoji Yakushido, para o Grande Torneio de Nagóia, no Japão.

Desde as duas refeições diárias, com oito mil calorias, às sessões de treino, passando ainda pelas sestas com máscaras de oxigénio, conheça o dia-a-dia destes lutadores de sumo.