Mundo

Ganharam quatro milhões na lotaria mas podem ficar sem o dinheiro

The Sun

Autoridades suspeitam que raspadinha foi comprada com cartão furtado.

Dois amigos ganharam quatro milhões de libras (cerca de 4,6 milhões de euros) numa raspadinha, mas a entidade responsável pela lotaria em Inglaterra recusa-se a entregar o prémio por suspeitas dos homens terem utilizado um cartão de débito furtado.

As suspeitas sobre Mark Goodram e Jon-Ross Watson, ambos com cadastro, terão sido levantadas quando tentaram reclamar o prémio. Os homens de 36 e 31 anos negaram ter conta bancária, apesar do cartão que utilizaram para comprar a raspadinha estar associado a uma.

Questionados sobre a origem do cartão, disseram pertencer a um amigo de nome “John”, mas foram incapazes de revelar o apelido, morada ou número de telefone.

Mais tarde, mudaram a história, sugerindo ter dado 10 libras (cerca de 12 euros) a outro indivíduo – que não identificaram – para comprar a raspadinha com o seu cartão de débito. À semelhança do que aconteceu anteriormente, não revelaram nome ou contacto, dizendo apenas que o indivíduo terá desaparecido.

Ao britânico The Sun mostraram o bilhete premiado e confessaram já ter usufruído de parte do prémio, cujo pagamento foi suspenso enquanto decorre a investigação.

“Vou visitar a Rainha. Isto é brilhante. Mereço um pouco de descanso. Estamos resolvidos para a vida. Mal posso esperar por gastar o prémio. Vou comprar propriedades de luxo e cuidar de mim”, contou Goodram, que conta já no cadastro com 22 condenações por 45 crimes.

Watson, condenado anteriormente por roubo, afirmou que vai fazer um cruzeiro pelas Caraíbas e depois viajar até Las Vegas.

  • O que dizem os líderes partidários e cabeças de lista na hora de ir votar

    Europeias 2019

    O apelo ao voto é a tónica dominante em todas as declarações que pode ver e ouvir aqui.