Mundo

Soldado britânico morre ao tentar proteger animais de caçadores ilegais

Ministério da Defesa britânico

O jovem de 22 anos é recordado pelos colegas pelo seu humor, espírito e humildade.

Um soldado britânico foi morto por um elefante no Malawi durante uma operação contra caça ilegal.

Mathew Talbot tinha sido destacado pela primeira vez para proteger os animais do Parque Nacional de Liwonde, no sul de Malawi, quando foi morto por um elefante no domingo.

Segundo um comunicado do Ministério da Defesa britânico, o soldado tinha-se voluntariado para apoiar ações contra a caça furtiva, mas não estava familiarizado com a região.

“Este acidente trágico é um lembrete do perigo que os nossos militares enfrentam enquanto protegem espécies em perigo daqueles que procuram lucrar com a matança da vida selvagem”, disse a secretária de Estado de Defesa britânica citada pela BBC.

Penny Mordaunt descreve Mathew como um indivíduo “determinado e com um coração enorme”, de uma grande coragem e profissionalismo, que desenvolvia um trabalho que classifica como vital.

O jovem soldado deixa os pais, duas irmãs e a namorada.