Mundo

Morreu deputado argentino baleado junto ao Congresso de Buenos Aires

Natacha Pisarenko

Héctor Olivares foi baleado na 5.ª feira nas imediações do Congresso argentino, em Buenos Aires, morreu este domingo na sequência dos ferimentos

Argentina's Security Ministry / HANDOUT

Acompanhamos a família neste momento difícil", escreveu na rede social Twitter a coligação "Cambiemos", à qual pertencia o parlamentar de 61 anos.

Olivares estava hospitalizado desde quinta-feira no Hospital Ramos Mejía, na capital argentina.

O ataque já tinha provocado a morte do seu assessor Miguel Yadón, que morreu no local.

Pelo menos seis pessoas foram já detidas pelas autoridades, que atribuem o ataque a razões pessoais e não políticas.

O deputado representava a província de La Rioja, no oeste da Argentina.

  • O que dizem os líderes partidários e cabeças de lista na hora de ir votar

    Europeias 2019

    O apelo ao voto é a tónica dominante em todas as declarações que pode ver e ouvir aqui.