Mundo

Nacionalidade do piloto capturado na Líbia continua por confirmar

Nacionalidade do piloto capturado na Líbia continua por confirmar

O Ministro dos Negócios estrangeiros português diz que nenhuma informação apurada pelo Governo confirma a nacionalidade do piloto.

O avião onde seguia foi abatido na passada terça-feira, na Líbia, e o indivíduo capturado pelo Exército Nacional Líbio (ENL). Segundo a imprensa local, o piloto ter-se-á identificado como sendo português.

Ao comando de um Mirage F1, foi noticiado no mesmo dia que pertenceria é Operação Sophia, da União Europeia, que tem como objetivo garantir a vigilância das rotas de migrantes ilegais no Mediterrâneo. Por essa razão, seria libertado pelo Exército, até porque se tratava de “um engano”, noticiava a imprensa saudita.

Versões contraditórias

Pouco tempo depois, as forças leais ao marechal Khalida Haftar anunciaram que o piloto teria tentado atacar posições no distrito de Hira, a sul de Tripoli. De acordo com o jornal Expresso, tratar-se-ia de Jimmy Reis, de 29 anos, cidadão alegadamente português que estaria ao serviço do provisório Governo de União Nacional, sediado em Tripoli.

Ainda no mesmo dia, a União Europeia acabou por negar que o avião abatido pertencesse à Operação Sophia. Também a Força Aérea portuguesa esclareceu que atualmente Portugal não tem meios nem militares nesta operação, e que também não tem aeronaves como a que foi abatida na Líbia.

Na quarta-feira, o ministro da Defesa afirmou que o piloto "não é das Forças Armadas" e que não tem nenhuma informação sobre essa pessoa.

Estado de guerra

A Líbia vive em instabilidade política desde o fim do regime de Kadhafi em 2011. Duas forças discutem o poder, o Governo da Unidade Nacional, reconhecido internacionalmente, e as forças rebeldes no leste do país, lideradas pelo general Khalifa Haftar.

Desde o início de abril que o líder das forças rebeldes conduz uma ofensiva contra Tripoli, a capital do país. Os combates já fizeram centenas de mortos e milhares de feridos.

  • Votar? É mais praia...
    2:43

    Europeias 2019

    Em dia de eleições e calor intenso, a praia da região urbana de Carcavelos esteve muito concorrida, com os respetivos engarrafamentos na Avenida Marginal na ida e no regresso. E com os depoimentos dos veraneantes a merecer reflexão.