Mundo

Ferrari avaliado em 2 milhões roubado durante test drive

POLIZEI DUSSELDORF

O caso aconteceu na Alemanha.

Um alegado colecionador de carros aproveitou um test drive para fugir com um Ferrari avaliado em 2 milhões de euros.

Segundo as autoridades de Düsseldorf, citadas pela BBC, o suspeito chegou à concessionária de táxi e manifestou interesse em comprar o Ferrari 288 GTO de 1985.

O vendedor levou o suspeito para um test drive, mas foi na altura da troca de condutores que a situação descarrilou. Aproveitando o momento em que o vendedor saiu do carro para trocar de lugar, o suspeito foi mais rápido a carregar no acelerador e a fugir com o Ferrari.

No entanto, a fuga não durou muito. O carro vermelho atrai tantas atenções que foi rapidamente encontrado, depois das autoridades terem emitido um alerta. Os investigadores encontraram o Ferrari escondido numa garagem em Grevenbroich, perto do centro de Düsseldorf, mas o suspeito continua a monte.

De acordo com a emissora britânica, o "veículo histórico" tem cerca de 43 mil quilómetros e estará avaliado em mais de 2 milhões de euros. No site, a concessionária revela que o carro pertenceu a Eddie Irvine, antigo piloto de Fórmula 1, que representou a Ferrari entre 1996 e 1999. Veículos idênticos aparecem muitas vezes em leilões e atingem valores até aos 3 milhões de euros.

  • Minutos salva-vidas
    20:48