Mundo

Norte-americano que perdeu 52 quilos quer inspirar outros jovens

Facebook

"É um exemplo de desenvolvimento pessoal e coragem que é raro para um estudante do liceu."

Numa altura em que pesava 150 quilos e era frequentemente gozado na escola, Michael Watson decidiu mudar a sua vida. O jovem de 18 anos começou a ir a pé para a escola todos os dias e apostou numa alimentação mais saudável. Três anos depois, conseguiu emagrecer 52 quilos e conta agora a sua história, na esperança de inspirar outros jovens.

"A minha autoconfiança era zero", revelou o estudante de uma escola no Ohio à CNN.

Um dos momentos mais marcantes foi quando um colega lhe disse que tinha algo no queixo. Quando Michael esfregou o queixo, o outro estudante disse-lhe: "Não, o terceiro".

Aquilo que foi uma piada para os colegas, tornou-se um dos muitos momentos que lhe deram força para mudar de vida e começar a andar a pé até à escola, num percurso de cerca de 40 minutos, todos os dias. Mesmos em dias de chuva ou de neve, quando lhe ofereciam boleia, o jovem recusava.

Segundo a CNN, também a alimentação mais saudável foi um dos fatores chave para emagrecer 52 quilos em dois anos.

O jovem que em tempos tinha demasiada vergonha para se aproximar de uma rapariga, enche-se agora de confiança. Depois da perda de peso, Michael já não tem problemas em convidar alguém para sair.

Uma história para inspirar outros

"É um exemplo de desenvolvimento pessoal e coragem que é raro para um estudante do liceu", defendeu Terrance Jones, especialista em família e treinador na escola.

A história de Michael marcou-o tanto que decidiu criar a página McKinley Senior Limelight, no Facebook, para inspirar outros jovens com as mais diversas experiências de vida.

O jovem confessou que os últimos anos não foram perfeitos em termos de dieta, mas "todos os dias são um novo dia."

"Todos conseguem fazê-lo se se focarem."