Mundo

Cinco pessoas mortas a tiro em São Paulo em ataques a partir de uma viatura

Jovens de 12 e 15 anos entre as vítimas.

Cinco pessoas, entre elas uma criança de 12 anos e um adolescente de 15, foram mortas a tiro no sábado, em São Paulo, Brasil, por quatro homens que ainda não foram identificados, divulgou este domingo a polícia brasileira.

Segundo fonte da Polícia Civil do Estado da Baía, nordeste do Brasil, além dos cinco mortos, uma outra pessoa foi atingida pelos tiros e ficou em morte cerebral, ainda que permaneça internada no hospital.

Os ataques ocorreram no sábado à noite, quando quatro homens dispararam do interior de um carro contra um adolescente de 15 anos, numa rua central da cidade Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, a capital regional da Baía.

De seguida, os atiradores deslocaram-se desde o centro até um bairro a cerca de quatro quilómetros, onde abriram fogo contra outras cinco pessoas, entre elas uma rapariga de 12 anos e um adolescente de 19, bem como a tia de ambos.

Outros dois homens, com 23 e 36 anos, foram também atingidos pelos disparos, refere a fonte, acrescentando que estas vítimas ainda foram hospitalizadas mas acabaram por morrer.

O responsável policial do bairro explicou que as autoridades ainda não conseguiram identificar os autores dos ataques, nem tampouco os motivos dos crimes.

"Os agentes estão a investigar os ataques mas, até agora, não há causas aparentes para a ocorrência", acrescentou.

De acordo com a Polícia Militarizada da Baía, um dos Estados mais violentos do Brasil, foram realizadas hoje patrulhas e rondas em busca dos atiradores, mas nenhum foi localizado.

A cidade Lauro de Freitas está na lista dos municípios mais violentos do gigante país sul-americano, e conta com uma média de 99,2 mortes violentas por cada 100 mil habitantes, segundo dados oficiais.

Lusa

  • Mourinho procura clube e rejeita, para já, treinar seleções
    7:14
  • Como não gastar dinheiro com os números começados por 707
    6:46