Mundo

Pelo menos dois mortos e 30 feridos no sismo que atingiu Peru e Equador

GUADALUPE PARDO / POOL

A magnitude do sismo foi avaliada em 8 na escala de Richter.

Pelo menos duas pessoas morreram e 30 ficaram feridas na sequência do sismo que atingiu o Peru e o Equador no domingo, segundo um balanço feito esta segunda-feira pelos serviços de emergência e socorro locais.

"Temos dois mortos na sequência do sismo. A segunda vítima [mortal] deste forte sismo é um jovem de 15 anos que foi atingido na cabeça" enquanto estava em casa, na cidade de La Libertad (norte do Peru), indicou Ricardo Seijas, coordenador da Defesa Civil, em declarações ao canal televisivo Canal N. Após ter sido transportado para o hospital, o jovem morreu devido aos ferimentos.

No domingo, uma pessoa morreu na sequência do desprendimento de uma rocha, na região de Cajamarca, no norte dos andes peruanos, um dos sete departamentos do Peru aonde se registaram danos pessoais e materiais, segundo o Centro de Operações e Emergência Nacional (COEN). Pelo menos 15 pessoas ficaram feridas, várias centenas de edifícios danificados e escolas destruídas. Também no Equador, foi identificado o mesmo número de feridos.

O sismo ocorreu no domingo às 02:40 locais (08:40 em Lisboa) a cerca de 70 quilómetros a sudeste de Lagunas, uma cidade no norte do Peru.

Segundo o Instituto Geofísico do Peru (IGP) e o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), a magnitude do sismo foi avaliada em 8 na escala de Richter.

A profundidade do terremoto foi estimada em 110 quilómetros pelo USGS e 141 quilómetros pelo Instituto Peruano.

Lusa

  • Palestinianos boicotam cimeira organizada pelos EUA no Bahrein
    2:50
  • André Rieu fez um vídeo para os fãs portugueses
    0:38