Mundo

Ataque com faca no Japão faz pelo menos dois mortos, incluindo uma menor

Issei Kato/ Reuters

Há ainda 18 feridos, entre as quais 16 estudantes. O atacante também acabou por morrer.

Pelo menos duas pessoas, incluindo uma menor, morreram após terem sido esfaqueadas hoje no ataque no Japão que causou ferimentos em pelo menos outras 17 pessoas, entre as quais 13 estudantes menores.


O ataque ocorreu às 8:00 locais (24:00 em Lisboa) em Kawasaki, arredores de Tóquio, e o agressor também morreu, de acordo com a cadeia de televisão pública NHK.


Uma jovem de 12 anos e um homem de 39 anos não resistiram aos ferimentos e foram declarados mortos no hospital Musashi Kosugi, onde foram internados, segundo o vice-diretor daquela unidade hospitalar, Kiyoshi Matsuda.


Não foram para já esclarecidas as razões que motivaram o ato de violência.


Entre os feridos encontra-se "uma mulher de 40 anos e três crianças de 6 anos que sofreram ferimentos graves, principalmente na cabeça e no pescoço", disse à agência de notícias France-Presse uma fonte hospitalar.


Os feridos "serão submetidos a uma operação e transferidos para uma unidade de cuidados intensivos", acrescentou.
O homem, entre os 40 e os 50 anos, atacou com uma faca as pessoas numa paragem de autocarro.


O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, já reagiu ao ataque: "este é um caso realmente horrível, sinto uma grande raiva, ofereço minhas sinceras condolências às vítimas e espero que os feridos se recuperem rapidamente".

Lusa