Mundo

Libertado ex-namorado da espanhola que se suicidou devido a vídeo sexual

Thomas White

O homem entregou-se na quinta-feira às autoridades espanholas.

O ex-namorado da espanhola que se suicidou devido a um vídeo sexual saiu em liberdade depois de se ter entregado às autoridades. O homem entregou-se de forma voluntária no Instituto Armado de Mejorada del Campo, na quarta-feira, para prestar declarações.

Segundo o El Mundo, identificou-se como ex-companheiro de Verónica e alegou que estava a ser vítima de assédio injustamente. Depois de ser interrogado pela polícia, o homem foi libertado sem acusações.

A história de Verónica

Verónica Rubio, de 32 anos, enforcou-se em casa no sábado depois de um vídeo sexual onde participava alegadamente com o ex-namorado ter sido divulgado entre colegas de trabalho da Iveco.

As imagens, captadas há cinco anos, foram partilhadas num grupo de WhatsApp onde constavam 20 funcionários da empresa, mas a gravação acabou por chegar a mais de 200 pessoas.

A investigação está agora centrada em quem recebeu o vídeo e na origem do mesmo. À imprensa, um dos funcionários revelou que tanto a empresa como vários trabalhadores têm “agido como se não tivessem conhecimento da situação”. Até ao momento, a Iveco não se pronunciou oficialmente.

Verónica deixa um marido e dois filhos.

  • Palestinianos boicotam cimeira organizada pelos EUA no Bahrein
    2:50
  • André Rieu fez um vídeo para os fãs portugueses
    0:38