Mundo

Milhares de pessoas assinalam os 30 anos do massacre de Tiananmen em Taiwan

RITCHIE B. TONGO

Ativistas e vice-presidente de Taiwan participam na cerimónia.

Centenas de pessoas reuniram-se esta terça-feira, em Taipé, Taiwan, para assinalar os 30 anos do massacre de Tiananmen.

A iniciativa contou com ativistas dos protestos e com o vice-presidente de Taiwan, que pediu às autoridades chinesas que reconhecessem os erros cometidos no massacre de dia 4 de junho de 1989.

O Presidente de Taiwan já tinha acusado a República Popular da China de querer continuar a esconder a verdade sobre o massacre, uma vez que o Governo nunca divulgou ao certo o que aconteceu, nem o número exato de manifestantes mortos.